https://3.bp.blogspot.com/-KhUNRxdcyvI/WZYY5VeLa9I/AAAAAAAAA70/SM_0W1SvLrEBKP6IBESXG9u9E9DmQoqvwCLcBGAs/s1600/Clio%2BLidy-estetica1.jpg />

Criolipólise

tratamentos aparelho Criolipólise

A Evolução desta técnica de tratamento aconteceu através dos pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O equipamento é colocado na superfície da pele para as células de gordura serem congeladas e destruídas. O contato com a baixa temperatura faz os adipócitos (células gordurosas) romperem. Assim, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expulsa naturalmente.

O tratamento está fazendo tanto sucesso a ponto de ser comparado com a famosa lipoaspiração, com a diferença de que esse método, a criolipólise, não é um ato cirúrgico. A sessão é realizada com um aparelho específico, cujos aplicadores são a vácuo, acoplam-se perfeitamente às diferentes áreas do corpo. Esse realiza uma sucção na pele junto a camada de gordura. Ao mesmo tempo, ocorre um resfriamento intenso e controlado, danificando seletivamente as células adiposas, as que são mais sensíveis ao frio, sem causar qualquer dano aos nervos, músculos e outras estruturas próximas.
Neste processo acontece a morte da célula de gordura.


O sistema linfático leva apenas uma quantidade diária de gordura para ser metabolizada, portanto não há perigo de sobrecarga do fígado. Esta ideia em fazer estudos sobre o tratamento veio nas décadas de 1970 e 1980, dois estudos foram publicados: um notava que as crianças que tomavam muito sorvete passavam a ter covinhas nas bochechas. 
O segundo, que cavaleiros de regiões gélidas apresentavam sulcos nas coxas, áreas mais expostas ao frio. Então os pesquisadores passaram a investigar na área da estética. Demonstraram que somente uma temperatura em um período específico são capazes de destruir seletivamente as células de gordura. Depois, ao estudarem as células adiposas, descobriram que elas morriam se submetidas aquela temperatura específica.

 Assim, foi criada esta maravilhosa técnica, que suga a gordura e congela. Como funciona? Pode ser feita apenas em algumas partes do corpo, aquelas que se adaptam bem as ponteiras como abdome, flancos, costas, internos de coxas, culotes, braços e etc .

Para cada região a sessão pode variar de 1 a 3 horas, dependendo de quantas localidades forem feitas. Não é necessária uma preparação específica para a criolipólise, a pessoa pode consumir alimentos e se exercitar normalmente antes e depois do tratamento. Vale lembrar que não é preciso exame laboratorial para se submeter à técnica. Pode ser feita em qualquer estação do ano, inclusive no verão. Mas, se a ideia é que os resultados sejam notados na estação do Sol, o ideal é se programar antes, já que o resultado completo leva até dois meses.

O melhor é que existem casos que podem ser resolvidos em uma única sessão, outros são necessárias mais sessões. 
 
Contra-indicações;

Para pessoas com sensibilidade ao frio, com hérnias no local de aplicação, infecções na pele, pessoas que passaram por cirurgia recentemente e gestantes.
 Enfim!  É bom contar com um tratamento como este, com tantas vantagens, facilidades, rapidez e praticidade!
 Vale a pena sentir o poder do gelo!